Vila Galé anuncia experimento de plantação de vinhas e oliveiras em Ouro Preto, em Minas Gerais

Enólogo de Val Moreira, Ricardo Gomes, recebeu o prêmio | Fotografia: Nuno Belo

Especializado na produção de vinhos e azeites, o grupo Vila Galé anunciou um experimento de plantação de vinhas e oliveiras no Vila Galé Collection Ouro Preto. O primeiro hotel da rede em Minas Gerais está em obras e será inaugurado em abril de 2025. A enóloga Marta Maia, responsável pelos vinhos Casa de Santa Vitória, produzidos em Portugal, visitou o terreno e reconheceu seu potencial.

O anúncio foi feito em dois eventos realizados na última semana em Belo Horizonte e Ouro Preto. Autoridades do Governo do Estado de Minas Gerais, o prefeito de Ouro Preto, Ângelo Oswaldo, o prefeito de Poços de Caldas, membros do trade turístico, empresários, jornalistas e parceiros tiveram a oportunidade de degustar os rótulos dos vinhos e azeites produzidos pelo grupo.

“O projeto do novo hotel evoluiu desde a concepção inicial. Identificamos um grande potencial no terreno. Agora, contaremos com 308 quartos, uma sala de convenções para 700 pessoas, atividades de enoturismo, um lago e diversas outras atrações para toda a família. Ao considerar o clima de Cachoeira do Campo, reconhecemos o potencial para a produção de vinhos e azeites, assim como fazemos em Portugal. Estamos muito otimistas e, se porventura não atingirmos nosso objetivo, teremos um jardim belíssimo”, destacou o fundador e presidente da rede, Jorge Rebelo de Almeida.

“Estamos bastante entusiasmados com o projeto vinícola em Ouro Preto e com a oportunidade de trabalhar em terras mineiras. Temos estudado e analisado todas as possibilidades para garantir o sucesso do empreendimento, pois a viticultura aqui difere consideravelmente da nossa em Portugal. No entanto, nossa expectativa máxima é em alguns anos brindar com um vinho produzido em Minas Gerais, carregando o selo de qualidade da Vila Galé”, complementou a enóloga Marta Maia.

 

Sobre o Autor

Related posts

Leave a Comment