Turismo será responsável por quase 8 milhões de empregos e 7,8% do PIB do Brasil em 2023, afirma WTTC

O ano de 2023 deverá se confirmar como um dos melhores para o turismo brasileiro. Isso porque, a previsão é de que o setor arrecade neste ano R$ 752,3 bilhões, o equivalente a 7,8% do PIB nacional. O valor irá superar em 5% o registrado no pré-pandemia (2019), quando foram registrados R$ 716,5 bilhões. Até o fim do ano, as mais de 50 cadeias econômicas também serão responsáveis por 7,9 milhões de empregos. Os dados são do Relatório de Impacto Econômico, produzido pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC).

A ministra do Turismo, Daniela Carneiro, celebrou os dados e destacou as ações desenvolvidas pelo governo federal em prol do desenvolvimento do turismo brasileiro. “Que o nosso país tem potencial, já sabemos. Mas precisamos transformar este potencial em realidade e colocar o nosso setor como protagonista na economia nacional. Por isso, estamos trabalhando na qualificação profissional e na estruturação dos nossos destinos como forma de ampliar o número de viajantes domésticos e estrangeiros no nosso país”, pontuou.

O relatório ainda apontou que o total de empregos contabilizados para o setor neste ano deverá superar em 2,5% o registrado no pré-pandemia. De acordo com a entidade, o setor gerou 8,1% do total de postos de trabalho do país, demonstrando a força econômica e social do turismo brasileiro.

Para a presidente da WTTC, Julia Simpson, o Brasil é um dos principais países em recuperação no Turismo e com potencial para crescer ainda mais. “O setor de viagens e turismo do Brasil está se recuperando, mostrando a ânsia de viajantes de todo o mundo em visitar e explorar o que este belo país tem a oferecer”, concluiu.

Em 2022, o setor totalizou R$ 727 bilhões, crescendo 22,7% em relação ao ano anterior. Em relação aos postos de trabalho, o setor respondeu por mais de 7,6 milhões de empregos. Já no turismo interno, os visitantes domésticos movimentaram R$ 496,5 bilhões, 25% acima dos números de 2021 e excedendo os níveis pré-pandêmicos (2019) em 6%.

FUTURO – A entidade também produziu uma estimativa para os próximos dez anos no país. Segundo eles, o Turismo aumentará sua contribuição para o PIB para quase US$ 169 bilhões (R$ 871,3 bilhões) até 2033. O montante também impactará positivamente no número de empregos, que totalizarão mais de 9,1 milhões, representando 8,6% de todos os empregos no país.

Crédito: Alexandre Macieira/MTur

Sobre o Autor

Related posts

Leave a Comment