Regent Seven Seas Cruises volta a incluir Cuba em seus itinerários

Fotos: Divulgação Regent Seven

Com a experiência de luxo mais inclusiva e sendo a única linha de cruzeiros de luxo norte-americana aprovada para visitar Cuba, a Regent Seven Seas Cruises aportou pela primeira vez no país em abril de 2017, com o Seven Seas Mariner. Agora a companhia acaba de incluir Cuba em seis itinerários da temporada 2018/2019 de cruzeiros pelo Caribe. Os roteiros selecionados irão visitar Havana, zarpando de Miami a partir de outubro de 2018 até março de 2019, a bordo do Seven Seas Voyager, Seven Seas Navigator e novamente do Seven Seas Mariner. Os hospedes terão disponíveis uma extensa variedade de excursões em terra – inclusas e ilimitadas – onde poderão aprender em primeira mão sobre a vida, história e cultura do povo cubano.

O primeiro roteiro a visitar Havana parte de Miami no dia 10 de outubro de 2018 com destino a Honolulu (Havaí), e tem duração de 22 noites a bordo do Seven Seas Mariner. O itinerário ainda leva o passageiro a cruzar o Canal do Panamá e inclui alguns dos mais belos destinos ecológicos da América Central e a riviera mexicana ao longo do caminho. Já o Seven Seas Navigator, o navio mais íntimo e querido da linha, também mergulhará seus hóspedes na cultura cubana em um roteiro de 14 noites que navegará pelo leste e o sul do Caribe a partir do dia 11 de novembro de 2018.

Por sua vez, o Seven Seas Voyager fará quatro viagens, tendo Miami como ponto de partida e chegada, que incluirão Havana a partir de dezembro de 2018 até março de 2019.

O cruzeiro que parte em 6 de dezembro de 2018 leva os hóspedes por um itinerário de 10 noites pelo Caribe Ocidental, enquanto o roteiro que zarpa em 16 de dezembro de 2018 – e dura 12 noites – passa por todo o Caribe Oriental e comemora o Natal a bordo. Outro itinerário de sete noites pelo Caribe Ocidental, com partida programada para 6 de fevereiro de 2019, também levará os hóspedes a Costa Maya e Cozumel (México) e Roatán(Honduras), enquanto um roteiro similar parte em 5 de março e substitui Costa Maya por Great Stirrup Cay (Bahamas).

Alguns destes cruzeiros só deixam Havana à meia-noite, o que oferece bastante tempo para experimentar a cultura noturna da cidade.

A ampla seleção de excursões em terra foi habilmente criada para oferecer uma autêntica experiência cubana, explorando e se aprofundando na música, arte, história e cultura da cidade, e estão em conformidade com os regulamentos do Office of Foreign Assets Control (OFAC). Para proporcionar aos visitantes ainda mais informações sobre Cuba e sua população, estudantes e palestrantes especialistas farão apresentações sobre o passado, presente e o futuro de Cuba.

 

Sobre o Autor

Related posts

Leave a Comment