Polo de Ecoturismo de São Paulo celebra a natureza no Avistar Brasil 2024

Serão três dias de congresso, feira, exposições, lançamento de livros e outras atividades

O Polo de Ecoturismo de São Paulo reserva uma surpreendente diversidade natural que muitas vezes passa despercebida em meio a cidade de São Paulo, conhecida como uma metrópole agitada e vibrante. E para celebrar e explorar essa biodiversidade, o Polo participará do Avistar Brasil 2024, o maior encontro de observadores de aves do país, que acontecerá na Cidade Universitária USP, no Butantã, na zona oeste da capital.

Serão três dias de evento, onde os participantes terão a acesso a congressos, feiras, exposições, lançamento de livros e inúmeros atividades. O Polo de Parelheiros estará presente com uma Central de Informação Turística (CIT) móvel para oferecer atendimento institucional, além de uma tenda repleta de expositores e produtos artesanais que refletem a riqueza da região.

Entre os produtos oferecidos estarão biojóias, geleias, frutas desidratadas, cosméticos, itens para casa, mel, pães artesanais, arte em tecido, roupas infantis, cachaça, licores e cogumelos. A participação no Avistar representa o compromisso contínuo do Polo com a promoção da conservação ambiental, do turismo sustentável e do desenvolvimento econômico local.

Passarinhada

Garça-branca-pequena (Egretta thula) no Parque Natural Municipal Bororé. Foto: Daniel Deák/ SPTuris.

Para o dia 20, após o encerramento do evento, está programada uma passarinhada, proporcionando aos participantes uma oportunidade única de explorar a beleza da região e observar aves em seu habitat natural. Dentre as inúmeras experiências que o Polo de Ecoturismo de São Paulo pode oferecer, a observação de aves é uma das mais tocantes.

O passeio, promovido pela Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Relações Internacionais, acontece na Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Sítio Curucutu e Aldeia Krukutu.

Contando com alguns dos principais hotspots para observação de aves da cidade, o Polo de Ecoturismo reserva muitas outras surpresas ao visitante. A região possui matas preservadas onde é possível avistar algumas aves mais difíceis de serem vistas na mancha urbana. Com um olhar mais atento, é possível encontrar pica-paus, gaviões, corujas, garças, tucanos e outras belezas com asas da natureza em plena cidade.

Existem mais de 370 espécies diferentes de aves catalogadas na cidade pela Divisão de Fauna Silvestre, da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente (SVMA). Esta riqueza inusitada inclui aves migratórias, endêmicas e até mesmo espécies ameaçadas de extinção. Há quem goste de observar os pássaros apenas com um binóculo e também aqueles que preferem registrar esses momentos com câmera fotográfica.

A passarinhada conta com o apoio da RPPN Sítio Curucutu, Avistar Brasil, Save Brasil e Divisão da Fauna Silvestre da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente.

Os detalhes e inscrições estão disponíveis no site


(Foto: Daniel Deák/ SPTuris./Garça-branca-pequena (Egretta thula) no Parque Natural Municipal Bororé.)

Sobre o Autor

Related posts

Leave a Comment