Passaporte para o mundo dos doces: um roteiro nacional para os chocólatras de plantão

Plataforma de viagens aponta oito estados que oferecem atrações turísticas para os chocólatras

A Páscoa é uma data que envolve muitas tradições, entre elas, a troca de chocolates. Além de adoçar os dias dos brasileiros em suas diversas formas, a guloseima também impacta a macroeconomia do país. Para se ter uma dimensão, somente no ano passado, o Brasil teve um crescimento de 6% na produção, em relação ao ano anterior. E o consumo per capita não ficou atrás: passou de 3,6kg em 2022 para 3,9 kg em 2023, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab).

Além disso, o chocolate nacional obteve uma ótima performance também fora das nossas fronteiras: só em 2023, foram comercializadas 43 mil toneladas, 16% a mais que o ano anterior. Seja voltado para produção artesanal ou em grande escala, uma variedade de municípios se destacam pelos produtos à base de cacau. Empresa de tecnologia que atua no setor de turismo, o Hurb conta mais sobre alguns desses destinos e as experiências que podem oferecer.

Rio de Janeiro

Em Penedo, encontra-se chocolate para onde quer que se olhe. Localizado na Serra da Mantiqueira, o município tem temperaturas perfeitas para a produção de cacau, o que levou algumas fábricas a se instalarem na região no passado, se mantendo ativas até hoje. Além de experimentar uma variedade de produtos e sabores, as fábricas oferecem passeios para acompanhar a produção do doce.

Também na serra, Petrópolis riga a fábrica de chocolates brasileira Katz, originada a partir de imigrantes alemães, desde 1953. Além dos chocolates, a loja da marca na cidade funciona como uma cafeteria, explorando o ingrediente principal em outros preparos, como bebidas e alimentos.

Bahia

Outro local que reúne as características climáticas e do solo necessárias para o plantio do cacau é Ilhéus. Ao visitar a cidade, vale conhecer algumas das fazendas produtoras do fruto, além da primeira fábrica artesanal do Nordeste – a Chocolate Caseiro Ilhéus. O destino oferece ainda experiências que vão além da produção e degustação. É o caso da hidratação facial à base de chocolate, idealizado para manter viva a cultura local cacaueira.

Neste mês, por iniciativa do governo estadual, um novo empreendimento de economia solidária foi inaugurado no município: a Chocosol. Com o projeto, será possível dar apoio – desde o plantio até o produto final – às cooperativas e associações de comunidades indígenas, quilombolas e assentamentos rurais que atuam no setor.

Espírito Santo

Endereço da sede da fábrica da Garoto, Vila Velha não poderia ficar de fora entre os destinos do chocolate. A marca é responsável por três espaços abertos à visitação em seu complexo industrial. No Museu do Chocolate, toda a história de sua criação é contada. Já na fábrica, o visitante acompanha a produção das delícias na Chocotour, enquanto a loja vende caixas personalizáveis de bombons e outros itens temáticos.

São Paulo

No estado de São Paulo, o chocolate é o carro-chefe de três cidades – Campos do Jordão, Itapevi e Caçapava. As duas primeiras abrigam fábricas da Cacau Show, enquanto a última, da Nestlé.

Na região da Grande São Paulo, uma loja chama atenção de quem passa pela estrada velha de Itu. A mega store da Cacau Show em Itapevi ocupa aproximadamente 2 mil m², se destacando, além do seu tamanho, pelo mural do grafiteiro Kobra. Com o espaço para mil visitantes, a marca desenvolveu um ponto turístico, que tem até parque de diversões e produtos exclusivos. O processo de fabricação do chocolate é mostrado em uma vitrine, e completam o espaço uma cafeteria e uma gelateria, que vendem também brindes como pelúcias. Responsável pelo Instituto Cacau Show, que oferece atividades gratuitas para crianças e adolescentes na mesma cidade, a empresa doa todo o lucro dessa loja para a iniciativa.

Já a fábrica da marca fica em outra cidade, ainda mais conhecida pelo chocolate: Campos do Jordão. Várias produtoras locais atraem turistas para a região e, com festivais voltados para esse produto, seu clima a torna perfeita para passear com um chocolate quente em mãos.

No Vale do Paraíba, Caçapava abriga a fábrica brasileira da Nestlé. Para garantir a visita ao local, é necessário agendar o passeio, além de seguir regras como usar sapatos fechados e sem saltos.

Rio Grande do Sul

Dois destinos gaúchos que dividem fronteiras, Gramado e Canela são opções para os chocólatras de plantão. Sede de fábricas como Prawer, Caracol, Planalto, Lugano e Florybal, Gramado chegou a receber o título de capital do chocolate brasileira. Para revelar mais detalhes sobre a produção, ingredientes usados e o trabalho dos colaboradores, algumas delas oferecem passeios. Na Caracol, o Reino de Chocolate narra esse processo de forma mais lúdica. Já a Lugano investiu em um parque temático – o único da América Latina – com mais de 200 peças feitas a partir do doce, que inclui até uma réplica da Torre Eiffel inteiramente de chocolate, com 4 metros de altura e 800 quilos.

Minas Gerais

No sul de Minas, Monte Verde entra na lista graças à Gressoney, marca mais antiga da cidade, fundada em 1978. A visita também é uma boa pedida para os dias mais frios, já que o destaque fica para chocolate quente e fondue. O clima romântico fica completo nos chalés com lareira e vista das montanhas.

Pará

A ilha paraense de Combu, nos arredores da capital, se tornou conhecida pelas guloseimas artesanais a partir do cacau colhido nessa mesma cidade, por pequenos produtores. O chocolate é tão importante para a economia local que perde apenas para o açaí – outra paixão nacional – entre as fontes de renda familiares mais importantes da comunidade. Para passar um dia na ilha, indica-se a estadia na capital.

Paraná

Além de comercializar diversas das marcas de chocolate gaúchas, Curitiba também conta com empreendimentos próprios, como Ana Tereza, Icab e Casa de Chocolates, por exemplo. Para aqueles que estão atrás dessa iguaria, a visita ao bairro de Santa Felicidade é obrigatória.


(Foto: Hurb)

Sobre o Autor

Related posts

Leave a Comment