Parque Nacional de Jericoacoara (CE) terá R$ 61 milhões para melhorias de infraestrutura turística

Consórcio Dunas vence leilão de concessão de serviços de apoio à visitação que garantirão mais de um bilhão em investimentos privados para o período de 30 anos

O Parque Nacional de Jericoacoara (CE) contará com um incremento importante de investimentos privados para melhorar a infraestrutura e atrair mais visitantes. Com uma oferta de R$ 61 milhões, o Consórcio Dunas venceu, nesta sexta-feira (26.01), o leilão de concessão de serviços de apoio à visitação do local. O Projeto do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) prevê, em um período de 30 anos, investimentos na ordem de mais de um bilhão, sendo R$ 116 milhões em infraestrutura e R$ 990 milhões na gestão dos serviços de apoio à visitação na unidade. A concessão deve atrair mais turistas e impactar os mais de 100 mil habitantes que se beneficiam das atividades turísticas da região.
A cerimônia de concessão do Parque aconteceu na Bolsa de Valores do Brasil (B3), em São Paulo (SP), com as presenças de representantes do Ministério do Turismo, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Secretaria do Programa de Parcerias e Investimentos (SEPPI/PR), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara/CE e dos consórcios concorrentes.
O aporte de recursos permitirão a melhoria das estruturas, a mitigação de impactos ambientais, bem como a experiência do visitante, seja por meio da criação de novos atrativos dentro do parque, seja por dar segurança e acessibilidade, possibilitando, desta forma, que praticamente todos os perfis de públicos acessem suas belezas naturais.
O Ministro em exercício do Ministério do Turismo, Carlos Henrique Sobral, ressaltou a importância da integração entre as políticas públicas de cada órgão como sendo fundamentais para a consolidação do Brasil como destino referência em Ecoturismo. “É uma determinação do Ministro Celso Sabino fortalecer a implementação das políticas, com foco na promoção do turismo sustentável, em áreas naturais. É nesse contexto que o MTur, o MMA e o ICMBio vêm trabalhando no aprimoramento dos serviços de apoio ao uso público das unidades de conservação, por meio das concessões. O objetivo é valorizar essas unidades de conservação e potencializar a visitação turística”, afirmou.
Esta foi a primeira concorrência da carteira do PPI em 2024. Após o encerramento, o Consórcio Dunas firmou um compromisso com o ICMBio, o Estado do Ceará e o turismo brasileiro, para trabalhar na consolidação do Parque como destino turístico internacional. Iara Vasco, Diretora de Criação e Manejo de Unidades de Conservação do ICMBio, compartilhou a emoção de alcançar um marco significativo após mais de uma década de luta. Em sua fala, Iara ressaltou a importância de avançar na implementação de parques nacionais para benefício da sociedade e reforçou o papel das parcerias, agradecendo aos colaboradores do ICMBio e MMA. De forma inovadora, o projeto inclui a isenção de ingressos para moradores do entorno e mais de 200 empregos diretos.
Um dos acionistas do consórcio vencedor, Alberto Cataline, reforçou em seu discurso o compromisso da gestão com todos os envolvidos e beneficiados pela concessão. “O que estamos fazendo aqui hoje é um grande compromisso. Um compromisso com o ICMbio, com o estado do Ceará, com municípios que envolvem o Parque, compromisso com todo o trade turístico e com toda a comunidade de realmente ajudar a cuidar do Parque Nacional de Jericoacoara”, pontuou.
VISITAÇÃO – Segundo o ICMBio, a visitação em unidades de conservação em 2018, período pré-pandemia, já tinha estabelecido um novo patamar com mais de 12,4 milhões de visitas, um aumento de 16% em relação ao ano anterior. Em 2022, pós-pandemia, foi registrado um aumento de mais de 80% na visitação, com quase 22 milhões de visitantes.
O Parque Nacional de Jericoacoara é um dos principais cartões postais brasileiros. O atrativo faz parte da Rota das Emoções, tem mais de 1,5 milhão de visitantes em seus mais de oito mil hectares, que resguarda ecossistemas marinho-costeiro como mangues, restingas e dunas de alta relevância ecológica. Além de sua significância para a preservação e manutenção dos recursos naturais, é um atrativo turístico de nível nacional e internacional.
A estonteante Vila de Jericoacoara, situada no estado do Ceará, é destinos turísticos não só para brasileiros como também para estrangeiros que encontram na localidade várias oportunidades de turismo, seja para esporte ou para apreciar as belezas naturais que a região oferece.

Sobre o Autor

Related posts

Leave a Comment