Novotel Recife Marina será administrado pela Atrio

Considerado o maior investimento privado da região e com inauguração confirmada ainda no primeiro semestre de 2024, hotel vai atender segmentos corporativo, de eventos e lazer

Com planos de atingir a marca de 140 hotéis e 22 mil apartamentos, além de um volume de negócios de R$ 2 bilhões, em 2027, a Atrio Hotel Management confirma que será a administradora hoteleira do Novotel Recife Marina (PE), reforçando sua presença no Nordeste ao lado de um dos principais projetos da região. O hotel é uma franquia em parceria com a Accor.

O Novotel Recife Marina faz parte do Projeto Porto Novo Recife, integrando, ainda, por uma marina, pelo REC Expo Center (centro de convenções para quatro mil pessoas, na primeira etapa), e pelo restaurante Bargaço. “As operações formam um importante complexo turístico e de convenções que, adicionalmente, tem o destino Recife, especialmente o Recife Antigo, com toda renovação do Centro, como destaque. Estamos muito satisfeitos em integrar esse projeto e sabemos que ele fará a diferença no turismo da região”, diz Beto Caputo, CEO da Atrio Hotel Management.

“Estamos muito felizes de ampliar o portfólio da marca Novotel no Brasil com mais um projeto incrível, em parceria com a Atrio. Somando mais de 570 hotéis no mundo e 27 no Brasil, Novotel é uma marca conectada ao bem-estar, atendendo aos hóspedes que visitam os locais para compromissos de negócios, mas que também desejam conhecer os pontos turísticos, aproveitando o serviço internacional de alta qualidade que oferecemos em cada um de nossos hotéis em todo o País. Sem dúvidas, o Novotel Recife será um dos melhores produtos da categoria midscale e uma referência na região Nordeste, tanto para clientes de lazer quanto corporativos”, afirma Olivier Hick, COO da Accor Brasil na divisão Premium, Midscale & Economy.

Construído em uma área de mais de 115 mil metros quadrados no cais Santa Rita, a 10 quilômetros do aeroporto e a um quilômetro do marco zero, o Novotel Recife Marina preserva a arquitetura dos casarões da antiga Recife, em uma mistura equilibrada entre o clássico e o moderno. Os investimentos somam R$ 180 milhões, somente no hotel, aportados pelo Consórcio Porto Novo, formado por quatro empresas investidoras –Maxxima Empreendimentos, Excelsior Seguros, Hima Participações e GL Empreendimentos – e um total de R$ 240 milhões (os outros R$ 60 milhões estão distribuídos entre R$ 40 milhões no REC Expo Center e R$ 20 milhões na marina).

Ao todo, são 299 apartamentos, lobby bar, restaurante no rooftop, piscina com borda infinita, room service 24 horas, bar da piscina, SPA, salas de reunião e de eventos, academia e espaço kids. “Este é, atualmente, o nosso maior hotel midscale em número de apartamentos e oferta de serviços, o que é possível graças a marca Novotel e seu perfil flexível que nos permite atender viajantes a trabalho ou a lazer”, complementa Paulo Mélega. Vice-presidente de Operações da Atrio.

Sua abertura está confirmada ainda para o primeiro semestre e a expectativa é que a operação registre uma taxa de ocupação entre 50 e 55% até dezembro. A gerência-geral está a cargo de Luiz Gustavo Alves, executivo com mais de 20 anos de experiência na indústria. Ao todo, ele comandará um time de 115 colaboradores diretos na implantação e abertura. “Queremos uma ocupação equilibrada, sem grandes oscilações e, neste momento, nós já temos procura para eventos no segundo semestre”, diz Alves.

Sócio da Maxxima Empreendimentos e um dos investidores do Consórcio Porto Novo, Romero Maranhão Filho destaca a importância do projeto para a cidade: “não temos dúvidas de que o complexo já é o marco de um novo tempo em nossa cidade. Estamos trabalhando nele desde 2013 e agora estamos concentrando nossos esforços em sua finalização e entrega para a capital pernambucana”, diz.

Sobre o Autor

Related posts

Leave a Comment