JetSMART aposta em sustentabilidade com redução de 20% de carbono em seus voos

Pratt & Whitney fornecerá à JetSMART a manutenção dos motores

 JetSMART Airlines selecionou motores GTF para alimentar mais 35 aeronaves da família Airbus A320neo, incluindo nove A321XLR, conforme anunciado nesta semana durante o Singapore Airshow, em Cingapura. A novidade é mais um movimento da aérea de ultrabaixo custo para reduzir o consumo de combustível e as emissões de carbono (CO2) em 20%.

O motor GTF da Pratt & Whitney, uma empresa do grupo RTX, oferece benefícios de eficiência de combustível e sustentabilidade para aeronaves narrow body. A arquitetura do ventilador de engrenagens do motor é a base para tecnologias de propulsão mais eficientes e sustentáveis.

A parceria da JetSMART com a fabricante já é consolidada. A companhia selecionou o motor GTF para alimentar 70 aeronaves da família A320neo em junho de 2019. A empresa também opera mais 15 aeronaves com motores GTF da família A320neo em leasing e uma frota de 11 aeronaves da família A320ceo alimentadas pelo motor V2500.

“Estamos solidificando nossa colaboração com a JetSMART à medida que ela impulsiona sua expansão contínua no mercado latino-americano”, disse Rick Deurloo, presidente da Commercial Motors da Pratt & Whitney. “Com eficiência de combustível, carga útil e autonomia incomparáveis, os motores GTF permitirão que a JetSMART abra novas rotas em toda a América do Sul e voe mais pessoas, mais longe, com menos combustível e menos emissões de carbono.”

“Temos o prazer de adicionar motores GTF à nossa frota da família A320neo, como um elemento-chave para reduzir o consumo de combustível e as emissões de CO2 em 20%, com uma pegada de ruído 75% menor. Tudo isso contribui para o sucesso do nosso modelo ultrabaixo custo e nosso compromisso com tarifas baixas e aviação sustentável, proporcionando uma melhor experiência para nossos clientes”, disse Estuardo Ortiz, CEO da JetSMART.


(foto: divulgação/Jetsmart)

Sobre o Autor

Related posts

Leave a Comment