Gastos de turistas no Rio de Janeiro durante o Carnaval superam R$ 2,3 bilhões, indica pesquisa

Dado foi divulgado pela Fecomércio nesta quarta-feira (27.03) durante evento com a presença da secretária executiva do Ministério do Turismo, Ana Carla Lopes

Um estudo inédito apresentado nesta quarta-feira (27.03) mostrou que os turistas nacionais e internacionais deixaram R$ 2,35 bilhões no Rio de Janeiro durante o Carnaval. O anúncio foi feito pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFEC-RJ) durante evento na capital fluminense e contou com a presença de autoridades como a secretária executiva do Ministério do Turismo, Ana Carla Lopes.

Segundo o levantamento do IFEC-RJ, vinculado à Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ), o valor considera despesas com itens a exemplo de hospedagem, restaurantes, entretenimento e da compra de produtos. A análise, que ouviu 1,4 mil turistas brasileiros e estrangeiros, também revelou que 91,8% dos entrevistados estiveram na cidade para lazer, férias ou atraídos pela folia de Momo.

O levantamento indicou que 41,9% dos visitantes consultados estiveram no Rio de Janeiro pela primeira vez, enquanto outros 58,1% já haviam visitado o estado anteriormente (6 vezes, em média). Outro achado da pesquisa é o fato de 33,1% dos ouvidos terem afirmado que foram ou pretendem conhecer outras cidades fluminenses, destacando localidades como Búzios, Arraial do Cabo, Angra dos Reis, Cabo Frio, Paraty, Petrópolis e Niterói.

A secretária Ana Carla Lopes avalia que os números reforçam a grande contribuição do estado ao desenvolvimento do turismo nacional. “Os dados comprovam que o Rio de Janeiro ocupa um lugar extremamente importante na promoção do nosso turismo, tanto internamente quanto externamente. Não é à toa que a cidade do Rio receberá, neste ano, reuniões do G20, o grupo das maiores economias mundiais, incrementando ainda mais a chegada de visitantes à sua capital e ao estado como um todo”, observa.

O estudo promovido pelo IFEC-RJ mostrou uma boa avaliação dos turistas nacionais e internacionais nos quesitos de acessibilidade e transporte; alojamento e acomodação; gastronomia; recreação e lazer e hospitalidade, com índices de aprovação que variam de 81,1% a 93,3%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 05 e 19 de fevereiro deste ano nas praias de Copacabana, Ipanema, Leblon e da Barra da Tijuca, além do Sambódromo da Marquês de Sapucaí, com entrevistas de visitantes brasileiros (exceto moradores do próprio estado do Rio de Janeiro) e estrangeiros. O nível de confiança do levantamento é de 95%, com margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

G20 – Além de participar da apresentação do estudo do IPEC-RJ, a secretária executiva do MTur deu sequência nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro, à agenda de reuniões com vistas à organização de um dos encontros do Grupo de Trabalho de Turismo do G20 na cidade. Ana Carla Lopes teve audiências, por exemplo, com o secretário de Estado de Turismo, Gustavo Tutuca, e também visitou locais que podem receber o evento.

A reunião do GT de Turismo no Rio ocorrerá nos dias 30 de junho e 1° de julho. A pauta envolve avanços em relação ao desenvolvimento sustentável do setor, englobando as dimensões econômica, social e ambiental. Ao longo do ano, quando o Brasil exerce a presidência do G20, haverá mais de 100 audiências de grupos de trabalho e forças-tarefas, além da cúpula presidencial do grupo, que acontecerá em novembro, também na capital fluminense.

Secretária Ana Carla Lopes participou do anúncio de pesquisa do IFEC-RJ sobre turismo no Carnaval. Crédito: Divulgação MTur

Sobre o Autor

Related posts

Leave a Comment