Festival Sabores da Montanha abrirá temporada de inverno com roteiro turístico gastronômico que reunirá SP, MG e RJ

A 10 dias do início, o 1º Festival Gastronômico Sabores da Montanha, que começará no próximo dia 2 de junho, abrirá a temporada de inverno na Serra da Mantiqueira, oferecendo uma gama de opções para os turistas que passarem as férias de inverno na Serra da Mantiqueira, que vão de pastelaria a culinária internacional e contemporânea.

O festival, que vai até 30 de julho, reunirá 67 estabelecimentos de 28 municípios localizados na Serra da Mantiqueira dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, nas regiões de Campos do Jordão (SP), Sul de Minas Gerais, Serra da Bocaina (SP) e Visconde de Mauá (RJ).

Estão inscritos restaurantes, hamburguerias, pizzarias, cervejarias artesanais, cafeterias, docerias, pastelarias, foodtrucks, bistrôs, sorveterias, vinícolas e até pousadas com pegada gastronômica.

A relação de todos os participantes do festival pode ser acessada por meio do site oficial do evento: https://saboresdamontanha.com.br no menu “participantes do festival”. Nele o público poderá conferir as fotos dos pratos, ficha técnica, ingredientes utilizados pelos chefs e informações de contatos.

Iguarias divinas

Da Serra da Boicana, os restaurantes B de Bocaina e Santa Prosa, ambos de Bananal (SP), cidade localizada no Vale Histórico, criaram, respectivamente, a Truta da Montanha e o Bolinho de Costela, que serão opções saborosas para quem visitar a região durante o festival.

O Chef Bernardo Worms preparou a truta grelhada na manteiga com cogumelos e queijo brie. O prato ainda vem acompanhado de batata corada e arroz com brócolis. Os cogumelos são dispostos em cima do saboroso filé, mesclando os sabores marcantes do prato. O arroz é apresentando na cor verde, graças ao brócolis, deixando o prato bem colorido.

Já o Santa Prosa apostou no tradicional Bolinho de Costela, um dos petiscos mais amados pelos brasileiros. A autora da iguaria, Laís Cristina, usou costela de boi desfiada para prepará-los, em um processo de longa cocção que preserva a qualidade do produto.

Em seguida eles são empanados na farinha panko, tornando-os crocantes por fora e cremosos por dentro. Os bolinhos ainda são acompanhados por uma geleia artesanal de abacaxi com pimenta dedo de moça levemente picante.

Outro estabelecimento que apostou em petiscos para o festival foi a Vinícola Guaspari, de Espírito Santo do Pinhal (SP). A Croqueta de Lombo com geleia de abacaxi com pimenta, do Chef Hugo Geraldino Cussolim, promete atiçar os paladares dos turistas e moradores que experimetarem essa verdadeira delícia.

Além da experiência gastronômica, o público ainda poderá degustar a iguaria em um cenario bucólico que faz lembrar a Toscana. Ainda é possível fazer uma visita à vinícola, sob agendamento (à parte).

Culinária mineira

Com 18 municípios participando do festival, parte dos estabelecimentos do estado de Minas Gerais valorizou sua comida típica mineira, com insumos frescos de produtores artesanais da própria região.

Pousada Caminho dos Ipês, de Passa Vinte (MG), elabourou um prato que leva seu nome e, ao mesmo tempo, aproveitou uma iguaria típica milenar que está presente na mesa dos mineiros.

O Corte Mineiro a la Caminhos dos Ipês é um corte especial de porco assado em fogão à lenha e servido com cebola assada e molho especial da Chef Silvana Rabelo. Acompanha tutu à mineira (outro prato milenar, que data do século XVI), arroz com lentilha, farofa de alho e salada de ovos com agrião árabe. E de sobremesa, o também tradicional pudim Romeu e Julieta, preparado por meio da receita da família da Chef.

Já o The Town Bar e Café, de Santa Rita do Sapucaí (MG), criou um prato que mescla o queijo típico mineiro com uma massa doce de origem belga, porém, mais comum e conhecida nos Estados Unidos. O autor dessa mistura deliciosa, Leonardo Ribeiro, criou o Waffle de Queijo Meia Cura.

O Waffle é produzido com o queijo meia cura, goiabada e finalizado no maçarico, para deixá-lo gratinado e com sabor mais interessante e especial.

A menos de 1h20 de distância de Santa Rita do Sapucaí, o Bento´s Head Pub, em Itapeva (MG), também fez uma aposta na mesclagem de insumos para criar o Bento´s Burger. Ele é produzido com o bagaço do malte da sobra da produção de cerveja.

Além disso, o autor do burger, Rodrigo Lebrão, adicionou mel do apiário próprio da casa. O hamburguer é uma mistura de carne bovina, linguiça caseira do Herança da Roça e bacon. O queijo é o premiado Cuitelo Real. Acompanha cebola caramelizada com açúcar mascavo e shoyo, e para finalizar, uma rúcula de horta orgânica própria. O lanche é acompanhado pela cerveja artesanal produzida pelo próprio pub.

Grupo Sabores

O 1º Festival Gastronômico Sabores da Montanha tem patrocínio da Azul Pagamentos e Revista Travel for Life, com apoio institucional do Portal Hora CampinasPortal Turismo Sul de Minas e Associação Comercial, Industrial e Rural de Andradas (MG).

A Sabores da Montanha, organizadora do festival, pertence ao Grupo Sabores, uma associação formada por empresários do setor gastronômico que objetiva a divulgação e valorização da gastronomia típica da Serra da Mantiqueira dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, além da Serra Gaúcha.

O grupo também gerencia a Sabores da Praia, que reúne os quatro municípios do litoral norte de São Paulo (Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba), além da Sabores Rio, que contempla a cidade do Rio de Janeiro e os municípios litorâneos do estado.

Conheça os estabelecimentos participantes:

SÃO PAULO

Bananal: B de Bocaina, Santa Prosa

Campos do Jordão: Secreto Luxury

Cunha: Espaço Drão Restaurante e Ateliê, Kallas da Serra, Bethlehem, Restaurante do Gnomo

Espírito Santo do Pinhal: Empório Bacchi, Vinícola Guaspari

Queluz: Queijaria Santa Vitória

Santo Antônio do Pinhal: Pousada Quatro Estações

São Bento do Sapucaí: Vinícola Santa Maria

São Francisco Xavier: Destilaria Alquimistas da Serra, João de Barro Restaurante, Quintal da Prosa, BrewPub SP-50-BIER, Villa K2

MINAS GERAIS

Andradas: Casa Geraldo, Don Fonseca Burger & Grill, Minas Coffee Cafeteria, Pizzaria Tradicionalle, Soberano Steak House, Taverna Restaurante, General Beer, Pastelaria Mercadão, Restaurante Rio Branco, Café e Confeitaria Braga, Mirante da Serra, Delícias da Kaká, Vinícola Stella Valentino, Vaquinha Queijaria

Bom Jardim de Minas: Rancho Mineiro

Cambuí: Empório Portão de Cambuí, Pizzaria Nápoles

Caxambu: Embrasa, Boi Ralado

Cristina: Vendinha Cafeteria e Gastrobar

Extrema: Tulha da Serra

Gonçalves: Flor de Zucca, Fogo Aberto Restaurante, Odara Cervejaria,  Restaurante Vitória, Maison Pio

Itajubá: The Gustta Foodtruck, Óikí Cafés Especiais

Itamonte: Encantamonte, Bela Serra

Itapeva: Bento´s Head Pub

Maria da Fé: Fazenda Maria da Fé, Pizzaria Casa Rosada, Fazenda Santa Helena

Monte Verde: BBQRoad Burguer e Osteria La Pianta

Passa Vinte: Pousada Caminho dos Ipês

Piranguinho: Pizzaria do Filipe

Poços de Caldas: Charcutaria Caldense, Porcaria e Choperia, Ziel Cervejaria, We Fratelli Cafés e Sorvetes, Casa do Açaí Café Beduíno

Santa Rita do Sapucaí: The Town Bar e Café

São Lourenço: Restaurante do Chico

São Thomé das Letras: Jardim Secreto

RIO DE JANEIRO

Visconde de Mauá – Babel Cozinha Autoral, Pousada Terras Altas, Armazém Mauá

SERVIÇO | 1º FESTIVAL GASTRONÔMICO SABORES DA MONTANHA   

Início: 2 de junho de 2023

Término: 30 de julho de 2023

Informações: (11) 9-5435-3665

www.saboresdamontanha.com.br | @saboresdamontanha_br

Bolinho de Costela do Santa Prosa, de Bananal (SP) Foto: SABORES DA MONTANHA -Associação de Empresários do Segmento Gastronômico

Sobre o Autor

Related posts

Leave a Comment