De asas abertas para a igualdade: LATAM coloca o Brasil no topo com contratação histórica de mulheres pilotos

Companhia aérea contratou 44% de seu quadro de pilotos mulheres no último ano

A cada ano, a LATAM vem contratando mais mulheres no Brasil para os cargos de comandante e copiloto de suas aeronaves. É o que indica o levantamento da companhia aérea sobre seus processos seletivos de 2023. Apenas no último ano, a LATAM contratou 44% do total de mulheres nesses cargos em sua equipe. O número representa 12% do total de pilotos, somando ambos os sexos, contratados em 2023 pela empresa.

“A LATAM está cada vez mais comprometida em criar um ambiente de trabalho justo e inclusivo. Nesse contexto, estamos ampliando a presença de grupos minorizados em nosso quadro de colaboradores do Brasil com avanços ano após ano. O fato de termos quase dobrado nosso quadro de pilotos mulheres na empresa no último ano e atingido a meta inédita de 5% de contratações de pessoas com deficiência nos mostra que estamos avançando nesse caminho”, comenta Jefferson Cestari, diretor de Recursos Humanos da LATAM Brasil.

No quadro total de colaboradores, a LATAM contratou mais de 3 mil profissionais no Brasil em 2023. As três áreas que mais receberam novos funcionários foram Aeroportos, Tripulação de Cabine (comissários) e Manutenção.

O compromisso da companhia com o aumento da representatividade de grupos minorizados no mercado de trabalho qualificado é demonstrado também na contratação de 48% de seu quadro de pessoas com deficiência (PcD) tendo ocorrido nos últimos dois anos. A LATAM encerrou 2023 se tornando a primeira aérea do País a contar com 5% de PcD em seu quadro de funcionários.

Além disso, a companhia encerrou o ano com 18% de representatividade negra no grupo de tripulantes de cabine, número 4% superior ao de 2022.

Outra importante marca atingida em 2023 pela LATAM foi o total de 42 pessoas trans contratadas no Brasil. As áreas com maior representatividade trans na companhia são Aeroportos, Tripulação de Cabine (comissários) e cargas.

Para se tornar mais diversa e inclusiva, a LATAM vem trabalhando em diversas frentes, como na capacitação para sensibilização de todos os colaboradores sobre o tema diversidade, implantação de processos seletivos inovadores e, finalmente, na definição de seus compromissos de Diversidade e Inclusão.

São eles: garantir a equidade de oportunidades e mais equilíbrio na representatividade de mulheres; ter representatividade de pessoas com deficiência; ampliar a heterogeneidade em áreas profissionais para aumentar o multiculturalismo e criar mais espaços para maior diversidade social, étnica, raça/cor, educacional, etária, de gênero, etc; e desenvolver uma cultura mais global e fortalecida pelas diferenças entre os colaboradores e colaboradoras do grupo LATAM.

O CRESCIMENTO DA LATAM NO BRASIL

Com 40% de todo o mercado brasileiro, a LATAM encerrou 2023 na liderança do setor aéreo brasileiro, segundo a ANAC. Atualmente, a companhia opera a maior malha aérea da sua história no Brasil, com voos para mais de 50 aeroportos do País. Em 2023, a LATAM também ampliou o seu codeshare com a Voepass, oferecendo aos clientes acesso a outros 26 destinos brasileiros, principalmente em aeroportos regionais.

Já nos voos internacionais, a LATAM é a companhia aérea que mais transporta turistas ao Brasil, com voos próprios a partir de 90 aeroportos no exterior. Em novembro, a LATAM e a Embratur assinaram um acordo de cooperação técnica para promover o País internacionalmente.

AS PERSPECTIVAS DA LATAM NO BRASIL EM 2024

Em dezembro de 2023, a LATAM alcançou a marca de 8 novas aeronaves recebidas no Brasil no espaço de um mês. O feito reforça o compromisso da companhia de ampliar o acesso dos brasileiros à aviação. Ainda em 2023, 15 dos 17 novos aviões recebidos direto de fábrica pelo grupo LATAM foram direcionados para a sua operação brasileira, que neste ano deve crescer de 7% a 9%. Para 2024, aliás, a LATAM já anunciou 4 medidas para universalizar a aviação no Brasil, incluindo a adição de 10 mil assentos diários à sua operação no País.

A LATAM é desde 2021 a companhia aérea líder do mercado doméstico e internacional do Brasil, segundo a ANAC.

O índice medido em RPK¹ considera a quantidade de passageiros por quilômetro transportados pela companhia sobre o volume de passageiros por quilômetro transportados por todas as companhias aéreas que operam no Brasil.

¹ RPK: sigla em inglês para Passageiros-Quilômetros Transportados.


(Foto: divulgaçao)

Sobre o Autor

Related posts

Leave a Comment