Conturesp discute turismo Ferroviário como potência e adianta novidades para 2024

Secretário Roberto de Lucena afirmou que as forças estão renovadas e agenda será produtiva em 2024

A primeira reunião do ano de 2024 do Conturesp (Conselho Estadual de Turismo de São Paulo) aconteceu na manhã desta quinta-feira (15/2), e entre os destaques apresentados por seus integrantes, foi apresentado importante tema de como os trens turísticos paulistas têm sido uma opção de transformação das paisagens urbanas e rurais. O encontro contou com a presença do secretário Roberto de Lucena, da secretária executiva da Setur-SP, Luciane Leite e de Armando Arruda Pereira, secretário executivo do Conselho.

Durante a reunião, Lucena expressou seu orgulho pelo lançamento do 1º Distrito Turístico Urbano do Brasil, em 25 de janeiro, no dia dos 470 anos da cidade de São Paulo. Isto é uma parte de um conjunto de iniciativas de fomento à requalificação da área central da cidade, demarcada cujo modelo de organização tem como foco a atração de investimentos públicos e privados, gerando benefícios econômicos, fiscais e de crédito para aumentar o fluxo de turistas”, afirmou.

Em seguida, o conselheiro Fábio Barbosa discorreu sobre o Turismo Ferroviário no Estado de São Paulo.

“Os trens turísticos têm sido uma opção de transformação das paisagens urbanas e rurais com mudança de comportamento de muitas comunidades, beneficiadas com o advento do trem turístico. Destaque para a cadeia produtiva dos Trens Turísticos que envolvem Agências de turismo; Meios de hospedagem; Alimentos e bebidas; Propriedades rurais; Transportes; Guias de turismo (profissional); Fábrica de Cerveja; Vinícolas e Monitores”.

De acordo com Barbosa, os projetos prioritários do setor para nosso Estado são os seguintes: Expresso Mantiqueira Cruzeiro – SP, Expresso Turístico/ Trem de Guararema Sabaúna – Mogi das Cruzes – SP, Trem dos Operários Sorocaba – SP, E. F. Perus Pirapora São Paulo – SP e Trem de São Roque.

Muitos conselheiros se expressaram na reunião, como Virgílio de Carvalho, assessor da Setur-SP, que fez um relato sobre a empregabilidade no setor e como vem crescendo a ocupação hoteleira paulista.

Nossa atividade turística está se profissionalizando cada vez mais”. Por sua vez, o conselheiro Bruno Omori foi enfático ao falar sobre as Câmaras Temáticas do Conselho com destaque para o sucesso da Pet Friendly. Também focou a sobre a regulamentação aprovada na Câmara Federal das apostas esportivas e cassinos on-line.

A secretária Luciane Leite destacou os Dados Turismo 2023 e estimativas 2024, elaborados pelo Centro de Inteligência da Economia do Turismo (CIET). “Muito importante para os planejamentos e programas do setor”, confirmou.

Ana Clemente, coordenadora de Turismo da Setur-SP, descreveu sobre os próximos eventos da Pasta e tantos outros com a participação do setor como o importante programa Sabor de SP, cujo final acontece dias 6 e 7 de abril na capital paulista; a Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, a Agrishow, será de 29 de abril a 3 de maio, em Ribeirão Preto e a importante comemoração dos 150 anos da Imigração Italiana por São Paulo, com identidade visual pelas cores da bandeira italiana- verde, branca e vermelha – em diversos locais, como Páteo do Colégio, Edifício Matarazzo (Prefeitura de SP), Monumento às Bandeiras, Viaduto do Chá e Ponte Estaiada, entre outros.


(Foto: divulgaçao)

Sobre o Autor

Related posts

Leave a Comment