2° Integra BWT: agentes de viagens do Brasil visitam o Buraco do Padre e os arenitos de 300 milhões de anos

Campos Gerais foram destaques do 6° Dia de imersão ao Paraná

A região dos Campos Gerais, a cerca de 100 km da capital paranaense, recebeu nesta quinta-feira, 7 de março, a visita de 130 profissionais de turismo. O grupo está visitando várias cidades do estado como parte da agenda do 2º Integra BWT – Edição Paraná. O evento, que começou no dia 2 e vai até 9 de março, tem como objetivo oferecer um conhecimento profundo e in loco para que os agentes vendam mais e melhor o Estado do Paraná.

“Hoje os participantes conheceram essa região que tem o ecoturismo e o turismo rural como pontos fortes. Além das fortes raízes européias, que ainda são preservadas e oferecem a culinária típica desses imigrantes”, explicou Adonai Arruda Filho, CEO da BWT Operadora, que acompanhou o roteiro com o grupo.

Buraco do Padre

O Buraco do Padre, uma furna natural que impressiona, foi o primeiro atrativo do dia. O literalmente buraco, que forma essa  vista única se estende a impressionantes 40 metros de profundidade, formando um verdadeiro anfiteatro rochoso. De lá uma cascata, com cerca de 30 metros de altura, emerge do meio da rocha, apresentando um fenômeno raro visto em poucos lugares no mundo.

Além do Buraco do Padre, o local abriga ainda a Fenda da Freira. Uma cavidade natural com diferentes tonalidades de verde nos paredões e pela luminosidade ao longo do seu corredor arenoso que se estende por 300 metros e preserva marcas de um passado de 400 milhões de anos atrás. Aqui, também tem alguns tipos de espécies de aranhas raras que dá para observar durante o passeio.

Para apreciar a vista e mergulhar nesse mundo mágico, o caminho até o Buraco possui acessibilidade para todos os públicos. Já na Fenda da Freira, é uma trilha de médio acesso e necessita de disponibilidade para caminhar por aproximadamente 20 minutos, não é tão acessível assim. (mas vale à visita)

Parque Vila Velha

As caravanas saíram do Buraco do Padre e  seguiram para o Parque Vila Velha, o primeiro parque estadual criado no Paraná. Nele estão os famosos arenitos, formações com mais de 300 milhões de anos, em tons rosados, esculpidos pela ação da natureza, com formatos e alturas variadas.

No local, os agentes de viagem puderam conhecer as opções de atividades para os visitantes como arvorismo, balonismo, cicloturismo, tirolesa e também programas como caminhadas noturnas, visitas às furnas e à lagoa dourada.

Cássia Saponara – Agente de viagens da Sky Sea Travel de São Paulo (Foto: Self Cássia)

Colônia Witmarsum

O almoço foi na Colônia Witmarsum, uma colônia de descendentes alemães que preservam os costumes, tradições e culinária de seus colonizadores. No cardápio, Joelho de Porco a pururuca (Eisben), salsichas alemãs (Bratwurst), purê de maçã, chucrute, repolho roxo agridoce, purê de batata, peito de frango grelhado, arroz e saladas. Tudo regado a chope da região.

Lugar maravilhoso, beleza pura, cheiro de Mato molhado! Me senti numa perfeita fazenda de animais. Uma comida típica e bem farta“, comenta a Cássia Saponara – Agente de viagens da Sky Sea Travel de São Paulo


O Turismo&Eventos participa do evento a convite da BWT Operadora, em parceria com a CS Global em SP.

Sobre o Autor

Related posts

Leave a Comment